22 de outubro de 2012

Risotto de Ervilhas e Hortelã


Risotto é sempre uma boa pedida e pode ser feito com, basicamente, qualquer ingrediente, inclusive nenhum! O "risotto de nada" é chamado de bianco, que é o que eu preparei e só depois adicionei as ervilhas e a hortelã. O risotto bianco requer um pouco mais de capricho, pois o caldo (principalmente) e os outros ingredientes aromáticos é que vão dar o tom. Por isso, nessa receita, eu utilizei um caldo caseiro bem caprichado que eu tinha feito e guardado no congelador, cebola roxa (que é mais aromática e eu adoro!), mais alho, um vinho mais marcante (da uva chardonnay) e caprichei no mix de pimenta moído na hora! Poderia ter comido só assim mesmo... Mas dai, sempre com idéias de programas culinários (Cozinha Prática strikes again hehe), e com os ingredientes necessários em casa, acrescentei as ervilhas e a hortelã! Confesso que não botava muita fé nessa combinação hehehehe mas adorei, foi um dos melhores risottos que eu já fiz, com certeza! Faça você também e receba muitos elogios :D




Ingredientes
- 1 xícara (chá) de ervilhas congeladas;
- 20 folhas de hortelã;
- 2 xícaras (chá) de arroz carnaroli (ou outro para risotto);
- 1,5 L de caldo de legumes;
- 1 xícara (chá) de vinho branco seco;
- 1 cebola roxa (não muito grande) em cubinhos;
- 2 dentes de alho amassado ou picadinho;
- 2 colheres (sopa) de manteiga;
- 2 colher (sopa) de azeite;
- Parmesão ralado a gosto;
- Sal a gosto;
- Pimenta do reino a gosto.


Preparo
1) Coloque o caldo de legumes em uma panela para aquecer;
2) Esquente bem a panela (ajuda se for daquela de fundo triplo) e adicione o azeite;
3) Adicione a cebola e o alho, refogue-os em fogo baixo até que a cebola fique transparente (se quiser deixar tostar um pouquinho, fica muito bom também);
4) Aumente o fogo, adicione o arroz e mexa constantemente até que fique brilhante;
5) Adicione o vinho e deixe que o álcool evapore;
6) Este é um bom momento para temperar o risotto: adicione o sal (cerca de uma colher de chá) e a pimenta.
7) Comece a colocar o caldo, uma concha por vez. Adicione uma concha, mexa frequentemente (mas não o tempo todo) até que o caldo tenha sido absorvido. Então, adicione mais uma ou duas conchas de caldo e repita até que ele acabe ou que o arroz esteja al dente;
8) Prove e acerte o tempero;
9) Retire a panela do fogão, adicione 2 colheres de sopa de manteiga e mexa vigorosamente. Adicione o parmesão (se for utilizar. Eu coloco 1/2 xícara de chá) e as ervilhas e continue mexendo;
10) Tampe a panela e deixe descansar por 5 min;
Rasgue as folhinhas de hortelã com as mãos e adicione ao risotto. Misture bem.
11) Sirva imediatamente.

Dicas
- A ervilha congelada é uma opção prática e saborosa! É infinitamente melhor do que a enlatada (e são mais ou menos o mesmo preço), mas ainda não é tão boa quanto a fresca, que é difícil de encontrar e bem cara;
- O hortelã pode ser a gosto, eu fiz só com essa quantidade, mas numa próxima vez, adicionaria mais umas 5 folhinhas!

Bom apetite!

19 de outubro de 2012

Sanduíche Empanado

Que tal um lanchinho diferente? Empanar um sanduíche é muito simples e fica muito gostoso! Faça com o seu recheio preferido ou, simplesmente, o que tiver em casa na hora ;)
Eu vou fazer esse pro happy hour de hoje! Acompanha muito bem uma cervejinha gelada e vira petisco se feito em tamanho menor!



Ingredientes
- 12 fatias de pão de forma;
- 1 tomate fatiado em rodelas;
- Folhas de manjericão a gosto;
- Sal a gosto;
- Pimenta do reino a gosto;
- Fatias de queijo muçarela;
- 2 ovos;
- Farinha de rosca temperada (quanto baste);
- Queijo parmesão a gosto;
- Óleo vegetal.

Preparo
1) Monte o sanduíche como preferir, lembrando-se de temperar o tomate;
2) Aperte bem o sanduíche entre as mãos, para prensá-lo bem;
3) Monte uma linha de produção:
4) Esquente uma frigideira e adicione um pouco de óleo. Frite cada lado de um sanduíche e depois coloque-o sobre um papel absorvente para escorrer o excesso de óleo;
5) Sirva em seguida!

Dicas
- Se você temperar os ovos batidos e a farinha de rosca (com sal, pimenta, orégano, queijo parmesão...), seu sanduíche ficará ainda mais saboroso!
- Se desejar, faça como eu e corte as fatias de pão com um cortador para biscoitos! Aí use sua imaginação... Já pensou fazer no formato de coração para um lanchinho romântico? ;)
- Não coloque muito recheio, evitando que ele transborde enquanto o sanduíche frita.


Bom apetite ;)

17 de outubro de 2012

Mutter Paneer

Olha, eu sempre gostei de comida indiana, mas nunca tinha experimentado fazer em casa! Aí, a oportunidade veio com um post do blog La Cucinetta, com essa receitinha tão, tão fácil e com ingredientes que eu tinha na geladeira de casa, então não pude negar hehehehe façam vocês também, é uma delícia e fica pronto em coisa de 10 minutinhos, melhor do que comida pronta, hein ;)

O Mutter (ervilha) Paneer (queijo indiano, aqui substituído pelo queijo coalho) é um curry típico do norte da Índia, com base de tomate. Para prepará-lo, você pode utilizar curry em pó industrializado, ou preparar o seu próprio garam masala (mistura de diversos condimentos de sabor forte), o que vai deixar o prato ainda mais especial! Fora que o fato de não ter curry em casa (meu caso :P) não vai ser uma desculpa parar não fazer o prato!



Ingredientes
- 250 g de queijo coalho em cubos;
- 1 xícara de ervilhas congeladas;
- 1 cebola cortada em cubos grandes;
- 3 tomates enlatados (ou frescos) bem amassados;
- 2 dentes de alho amassados;
- 2 colheres de chá de garam masala ou curry em pó;
- 1 colher de chá de gengibre ralado (se tiver mais em casa, use mais! eu só tinha um pouquinho :/);
- 250 mL de água;
- Sal a gosto;
- Óleo vegetal.

Preparo
1) Esquente uma frigideira antiaderente e adicione um fio de óleo, junto com os pedacinhos de queijo coalho. Mexa constantemente até que fique dourado;
2) Reserve o queijo e, na mesma frigideira, adicione mais um fio de óleo e refogue bem a cebola, o alho e o gengibre;
3) Quando estiverem macios, adicione o garam masala e misture bem por 1 minuto;
4) Acione os tomates e depois a água. Deixe apurar até que fique cremosinho (uns 5 minutos);
5) Acrescente a ervilha e o queijo, deixando cozinhar por mais uns minutinhos, de tampa fechada;
6) Sirva quente!

Dicas
- Você pode fazer seu garam masala com as especiarias fortes que quiser, eu usei pequenas quantidades de: cominho em pó, pimenta síria em pó, pimenta chilli em pó e canela em pó. Se tiver em casa, adicione cúrcuma também, para que o caldo fique bem amarelinho!
- De preferência, utilize o queijo coalho comprado em peça (encontrado em mercadões), ele é bem mais saboroso do que aquele vendido em espetinhos para churrasco!
- A ervilha congelada é muito prática e barata. É muito melhor do que a enlatada e é uma boa alternativa à ervilha fresca, que é mais cara e difícil de ser encontrada;
- Sirva puro ou com arroz :D


Bom apetite!

15 de outubro de 2012

Baking Tips #1 - Medidas

Ao escrever os posts sobre bolos aqui no blog eu percebi que há várias dicas para que o seu bolo (torta, pão...) saia perfeito e que ficaria muito extenso colocar em todas as receitas, por isso resolvi fazer uma série de posts com todas as minhas dicas sobre massas assadas, pra que as suas também saiam perfeitas toda vez! Eu compartilho da opinião da Rita Lobo, que não existe essa história de "não ter mão", é só uma questão de paciência, organização, utilizar bons ingredientes e as técnicas corretas! Pode parecer complicado à primeira vista, mas basta fazer uma vez bem direitinho que você verá que não é tão complicado assim e, aliás, fica mais fácil a cada vez que você fizer bolo ou torta (ou o que você quiser!) :D
Eu mesma, há alguns anos atrás, não acertava UM bolo. Juro, conseguia errar até bolo de caixinha hehehehe mas, com muita organização, e boas receitas, fui aprendendo a fazer bolos, e hoje já crio as minhas próprias receitas!

Vamos à primeira série de dicas, sobre medidas! :D

O mais importante é ter xícaras e colheres de medidas-padrão: xícara com 240 mL e colher de sopa de 15 mL. As outras medidas são fracionadas a partir dessas. Esses utensílios são bem fáceis de achar, em lojas de utilidades domésticas ou para confeitaria você encontra e não costumam ser caros. É claro, existem modelos que custam acima de R$ 100,00, mas em geral, custam entre R$ 5,00 e R$ 10,00, é só fazer uma boa pesquisa ;)

 
Os meus medidores são iguais aos da foto!


Eu tenho também um copo medidor, facilmente encontrado em lojas de 1,99. Não uso muito ele para as medidas de xícaras, mas isso fica a critério de cada um. Pra mim, ele serve mais como medidor de volume de líquidos. O importante é, em uma receita, usar ou só o conjunto de xícaras medidoras, ou só o copo. Pessoalmente, acho as xícaras mais precisas para medir os secos, principalmente, mas há quem não troque o copo medidor por nada! Há também as jarrinhas de vidro, tenho certeza que tem uma no seu armário, no meu tem também! Já ouvi falar que eles são pouco precisos, o que, se for pra olhar picuinha, é verdade, pois são feitos de vidro, material que se dilata ou contrai bastante de acordo com a temperatura, o que diminuiria sua precisão. Mas como não estamos falando de medidas suuuuuuper exatas, não sei se isso é relevante ou não: novamente, fica a seu critério!

     


O modo correto de medir um ingrediente seco é colocá-lo aos poucos, com uma colher, no medidor desejado. Quando já tiver acima da borda do medidor, utilize as costas de uma faca ou seu dedo esticado para nivelar sua medida. É importante lembrar que não se deve pressionar o ingrediente para dentro do medidor.
Com os líquidos, é só encher o medidor até quase transbordar.
Para medir ingredientes muito viscosos, molhe o medidor antes, fica bem mais fácil!

Se cozinhar já é algo mais freqüente no seu dia-a-dia, eu recomendo fortemente que você compre uma balança culinária! As balanças podem ser encontradas também em lojas de utilidades domésticas, a minha foi comprada em uma loja na Liberdade, ganhei de presente da minha mãe :D
Minha sugestão é comprar uma balança digital que suporte pelo menos 5 kg, assim você poderá fazer massas em maior quantidade, como mais de uma receita de bolo, pães, massa de pizza...


Fiquem de olho para mais dicas e happy baking :D

12 de outubro de 2012

Risotto de Funghi

É, acho que já deu pra perceber que eu gosto de cogumelos hehehehe e de risottos também, desde que aprendi a fazer, é um prato sempre presente aqui em casa!

Este é meu risotto favorito e foi um dos primeiros que provei, há uns bons anos, quando um amigo do meu pai fez em casa. Até hoje minha mãe lembra das dicas dele para fazer uma boa comida :D

Enfim, espero que vocês gostem tanto quanto eu!



Ingredientes
- 1 1/2 xícaras (chá) de funghi secchi;
- 2 xícaras (chá) de arroz arbóreo (ou carnaroli);
- 1,5 L de caldo de legumes;
- 1 xícara (chá) de vinho branco seco;
- 1/2 cebola em brunnoise*;
- 1 dente de alho amassado;
- 2 colheres (sopa) de manteiga;
- 2 colher (sopa) de azeite;
- parmesão ralado;
- Noz moscada a gosto;
- Sal a gosto;
- Pimenta do reino a gosto.


Preparo
1) Coloque o caldo de legumes em uma panela junto com o funghi e deixe ferver por 10 min. Caso necessário, adicione mais água;
2) Desligue o fogo e deixe descansar por mais 10 min;
3) Retire o funghi, reservando o caldo (mantenha aquecido). Pique-os;
4) Esquente bem a panela (ajuda se for daquela de fundo triplo), adicione o azeite;
5) Adicione a cebola e o alho, refogue-os em fogo baixo até que a cebola fique transparente;
6) Aumente o fogo, adicione o arroz e mexa até que fique brilhante;
7) Adicione o funghi e continue mexendo por cerca de 3 minutos;
8) Adicione o vinho e deixe que o álcool evapore;
9) Este é um bom momento para temperar o risotto: adicione o sal (cerca de uma colher de chá), a pimenta e a noz moscada.
10) Comece a colocar o caldo, uma concha por vez. Adicione uma concha, mexa frequentemente (mas não o tempo todo) até que o caldo tenha sido absorvido. Então, adicione mais uma concha de caldo e repita até que ele acabe ou que o arroz esteja al dente;
11) Prove e acerte o tempero;
12) Retire a panela do fogão, adicione 2 colheres de sopa de manteiga e mexa vigorosamente. Adicione o parmesão e continue mexendo;
13) Tampe a panela e deixe descansar por 2 min;
14) Sirva imediatamente.

Bom apetite!

10 de outubro de 2012

Pão Integral de Microondas

 Quem não gosta de comer um pão quentinho? Essa receita você prepara em minutos, não tem segredo nenhum, fica gostoso e ainda é saudável :D Quando eu vi no Receitas de Minuto, quis fazer na hora!
A única ressalva é: coloque pouquíssimo sal. MESMO!




Ingredientes
- 3 colheres (sopa) aveia em flocos finos;
- 3 colheres (sopa) de fibra de trigo; 
- 1 ovo; 
- 2 colheres (sopa) de iogurte natural; 
- 1 colher (chá) de fermento em pó; 
- Uma pitada de sal (use bem pouco!); 
- Azeite para untar;

Preparo
1) Adicione em um recipiente o ovo e o iogurte natural e misture;
2) Junte a fibra de trigo, a aveia e misture;
3) Adicione o fermento em pó e o sal, misturando até ficar bem homogêneo;
4) Unte um pote quadrado que possa ir ao microondas com azeite, adicione a massa e nivele. 

5) Leve ao microondas em potência alta por 2 minutos.


Dica
Utilize um pote bem alto para que o pão não transborde.

Bom apetite!

8 de outubro de 2012

Bolo de Limonada Suíça

Esses dias eu tava assistindo o programa Cozinha Prática no GNT e vi uma receita de bolo de limão! Na hora eu decidi fazer a receita no final de semana, mas acabei esquecendo de comprar os ingredientes que estavam faltando hehehehe então, como eu já estava com vontade de fazer, fui caçar outra receita por aí e encontrei a do Vitor Hugo, do PratoFundo. Aí fui dando umas adaptadinhas e cheguei ao resultado a seguir! Achei que ficou com o gostinho de limonada suíça, por isso o nome! Só ficou faltando regar com leite condensado, que não tinha em casa :( mas você pode por quando fizer hehehehe se não colocar também, fica uma delícia! Bem azedinho e ao mesmo tempo doce por conta da calda feita com açúcar de confeiteiro... Só provando para entender a gostosura que ficou! Esse bolo é bem diferente do convencional, mas foi o que acabou mais rápido de todos os que eu já fiz: assei ele no domingo à tarde e segunda de manhã acabou :D



Ingredientes
- 250 g farinha de trigo;
- 200 g açúcar refinado;
- 150 mL óleo neutro (usei de soja);
- 100 mL água morna;-
 2 ovos;
- 3 limões tahiti;
- 1,5 colheres (sopa) de fermento em pó;
- 1 pitada de sal;
- 1 colher de sopa de extrato de baunilha;
- 1 xícara (chá) de açúcar de confeiteiro.

Preparo
1) Preaqueça o forno em 180 ºC (forno médio) e unte/enfarinhe uma forma de furo no meio;
2) Misture os ingredientes secos em um bowl grande;
3) No copo do liquidificador, junte: a água morna, o óleo, as raspas e a polpa (deixe bem pouquinho da parte branca!) de 2 limões (o outro limão, esprema e reserve o caldo) e o extrato de baunilha. Bata bem;
4) Junte os ovos e bata mais um pouco;
5) Verta os líquidos sobre os ingredientes secos e misture bem até que fique homogêneo;
6) Rapidamente, despeje a massa na forma untada e leve ao forno por cerca de 40 minutos, ou até que passe no "teste do palito";
7) Retire o bolo do forno e deixe esfriar sobre uma grade (do fogão, escorredor de pratos, grelha da churrasqueira...);
8) Depois de pelo menos meia hora, desenforme o bolo;
9) Só então misture 2 colheres de sopa do caldo do limão com o açúcar de confeiteiro e rapidamente derrame sobre o bolo. A cobertura vai endurecer bem rápido;
10) Sirva!

Dicas
- O caldo do limão é muito ácido e, em contato com o fermento, o ativará rapidamente, fazendo com que a massa "borbulhe". Então, após misturar os líquidos com os secos, é preciso levar o bolo ao forno com muita rapidez;
- Para nivelar a massa do bolo, gire a forma diversas vezes!
- Para dar um toque especial, regue o bolo com um pouco de leite condensado!

Bom apetite!

4 de outubro de 2012

Pitacos - Chá de Capim Santo (Beba Rio)

Este post não é publieditorial

EEEE nosso primeiro review de produto!
Eu vim falar do chá pelo qual estou apaixonada e tomando sem parar hehehehe
O chá de capim santo da marca Beba Rio é simplesmente uma delícia! De sabor suave, é saudável dentro do possível (é industrializado, né?), sendo adoçado com sucralose ao invés de aspartame. Foi meio que por isso que eu escolhi este chá na prateleira do supermercado, eu estava procurando bebidas prontas mais saudáveis!



No site da marca, encontrei as seguintes informações:
O RIO Capim Santo traz o frescor da erva-cidreira e as qualidades hidratantes do chá branco, uma deliciosa
mistura que só faz bem: ajuda a retardar o envelhecimento e a manter o colesterol bom (HDL), combate
o stress e a insônia e ajuda na prevenção de gripes e resfriados, além de suas propriedades anti-inflamatórias.
É bom para beber e cuidar da gente.
O chá pode ser encontrado em dois tipos de embalagens: 1 L e 350 mL. Eu comprei a de 1 L no supermercado Mambo do City Lapa, e paguei cerca de 4 reais. Pelo o que vi no site da marca, devia estar em promoção hehehe.

E você, já experimentou? Compartilhe sua opinião!

1 de outubro de 2012

Brownie

Eu não fazia brownie em casa há, pelo menos, 10 anos e também não fazia idéia de onde estava a receita que tinham me dado :/ mas eu tava com vontade de brownie! Passei um tempão pesquisando e sempre achava que a receita levava ou muita manteiga, ou muitos ovos e segui pesquisando, até que encontrei esta, do blog Glance It, no Facebook. Enfim dada por satisfeita com a quantidade de manteiga e ovos, ainda fiquei descontente com um fator: bater as claras em neve. Não sei vocês, mas eu acho um saco, ainda mais que não tenho uma boa batedeira (AINDA!) e acabo demorando quase tanto tempo quanto demoraria para bater na mão. Mas enfim, como o que importa é o MARAVILHOSO resultado, vamos lá!



Ingredientes
- 450 g de chocolate de boa qualidade;
- 100 g de farinha de trigo;
- 125 g de manteiga em temperatura ambiente;
- 200 g de açúcar refinado;
- 4 ovos.

Preparo
1) Derreta o chocolate em banho maria (ou no microondas, parando a cada 30 s para mexer);
2) Já fora do fogo, misture a manteiga;
3) Separe as gemas das claras e adicione-as uma a uma no chocolate, mexendo bem sempre;
4) Em um recipiente separado, misture bem a farinha e o açúcar e depois adicione a mistura com chocolate, mexendo bem;
5) Bata as claras em neve e adicione aos poucos à massa, mexendo delicadamente, de baixo para cima. Mexa o mínimo possível para não retirar o ar das claras;
6) Coloque em uma forma untada e leve ao forno preaquecido em 180 ºC até que tenha formado uma casquinha em cima, uns 30 min;
7) Retire do forno e deixe resfriar sobre uma grade.

Dicas
- Na receita original, usa-se a farinha de amêndoas. Eu usei a de trigo, pois não tinha a outra disponível, mas com a de amêndoas deve ficar ainda mais gostoso!
- O seu brownie vai ser tão bom quanto o chocolate que você usar. Não importa muito se é amargo, ao leite ou branco (aí fica sendo blondie hehehe), mas deve ser aquele chocolate que você comeria puro, de preferência daqueles para uso culinário. Eu uso o da marca Sicao;
- Eu recomendo fortemente o uso de uma balança culinária, mas se você não tiver uma, utilize as seguintes proporções:
  •      1 colher (sopa) de...
                   ... farinha de trigo = 9 g;
                   ... açúcar refinado = 11 g;
                   ... manteiga = 15 g

  •      Cada quadradinho de uma barra de chocolate para uso culinário possuí cerca de 100 g;

Bom apetite!

30 de setembro de 2012

Beterraba Assada

Eu e minha mania de colocar tudo no forno! hehehehehehe. Esta receita eu fiz num dia em que eu queria MUITO comer batata assada, mas estava sem batatas em casa... Aí fui eu, #chateadérrima, fazer esta receita, pensando que não fosse ficar tão bom assim... Que feliz engano! Ficaram deliciosas e eu fiquei triste quando acabaram :( hehehehehhe
A receita original é do Chubby Vegan, eu dei uma leve adaptada!
A beterraba, depois de assada, fica mole, mas ainda firme (sacomoé? hahaha) caramelizada por fora... BEM diferente e uma delícia! Considerando que eu não gosto de sabores agridoces e gostei desse... Fica a dica ;)

O Pic Nic participou da seção "Eu Que Fiz" do Chubby Vegan com esta preparação, confiram!



Ingredientes
- Beterrabas cortadas em cubos regulares;
- Azeite a gosto (uma quantidade suficiente para envolver todos os pedacinhos e ainda sobrar);
- Sal a gosto (capriche um pouco, pois a beterraba é bem adocicada!);
- Mix de pimentas moídas na hora a gosto (eu coloquei BASTANTE);
- Orégano desidratado a gosto;
- Parmesão ralado a gosto (opcional).

Preparo
1) Pré aquecer o forno em 220ºC.
2) Em uma assadeira, coloque a beterraba cortada e os demais ingredientes. Misture bem;
3) Leve ao forno por 40 minutos;
4) Retire do forno e rale o parmesão em cima;
4) Sirva em seguida!

Dica
Eu utilizei o azeite aromatizado com alho e alecrim na preparação, dá um toque muito especial!

28 de setembro de 2012

Mini Baked Potato

Hoje vamos falar de um prato que é fácil de fazer e que tem um toque gourmet! Fica ótimo tanto naquele happy hour, quanto no almoço de domingo, você é quem escolhe! Faz o maior sucesso, garanto ;)



Ingredientes
- 4 batatas asterix (das menorzinhas);
- 2 colheres (sopa) de requeijão;
- 2 colheres (sopa) de parmesão ralado;
- 3 colheres (sopa) de cheiro verde picado;
- 1/2 colher (sopa) de manteiga;
- 2 colheres (chá) de cebola roxa picadinha;
- Azeite a gosto;
- Sal a gosto;
- Pimenta do reino a gosto.

Preparo
1) Preaqueça o forno em 220 ºC;
2) Lave BEM as batatas e tire as pontinhas da batata, pra que ela possa ter uma boa base, e corte-a ao meio;
3) Faça furos na polpa das metades de batata e leve-as ao microondas. O tempo depende de cada forno (no meu são 6 minutos), o ponto é quando a batata se deforma quando pressionada com o dedo, mas ainda está resistente;
4) Retire as batatas do microondas e retire parte da polpa, criando uma "cumbuquinha de batata";
5) Coloque a polpa em um bowl e amasse bem com um garfo. Se preferir, utilize um espremedor de batatas;
6) Adicione os outros ingredientes e mexa bem;
7) Recheie as batatas e leve ao forno até gratinar;
8) Sirva em seguida!

Dica
- Eu usei queijo grana padano no lugar do parmesão... Ficou indescritivelmente gostoso!

Bom apetite!

26 de setembro de 2012

Brócolis Assado

Eu adoro assar vegetais! E o brócolis é um excelente exemplo de vegetal assado que fica delicioso com quase nenhum trabalho. É incrível como, em minutos, ele deixa a casa toda perfumada :)



Brócolis Assado
Ingredientes
- 1 maço de brócolis japonês;
- 2 dentes de alho;
- Casca de 1/4 de limão taiti (sem a parte branca);
- 2 folhas de louro;
- 1 colher (sopa) de vinagre (usei o de arroz);
- 3 colheres (sopa) de parmesão ralado;
- 4 colheres de sopa de azeite;
- 1 colher de sopa de orégano;
- Sal a gosto;
- Pimenta do reino a gosto.

Preparo
1) Preaqueça o forno em 220 ºC
2) Higienize e corte o brócolis em floretes menores e coloque-os em uma assadeira ou refratário;
3) Pique o alho em pequenas rodelas e distribua pelo refratário;
4) Coloque os temperos e mexa bem;
5) Polvilhe o queijo parmesão por cima e leve ao forno por 20 min ou até que o queijo esteja dourado;
6) Sirva quente!

Antes de ir ao forno
Dica
- Corte o brócolis da maneira mostrada abaixo: é mais fácil e faz menos sujeira!


Sugestão de Acompanhamento: Macarrão, tomate e salsinha.

24 de setembro de 2012

Spaghetti alla Bolognese

O macarrão que todo mundo adora! Pra mim, o macarrão à bolognese é o símbolo máximo de comfort food! Me lembra comida de mãe, de vó, de tia... <3
Essa é a minha versão cremosa, cheia de sabor, goooorda e, claro, vegetariana ;) Esse molho é tão bom, mas tão bom, que merecia acompanhar uma bela massa caseira, mas, infelizmente, hoje não pude fazê-la :(

O legal é que é razoavelmente rápido de fazer (o negócio é mais o tempo de espera), e suja pouca louça :P

Não custa lembrar que o spaghetti é apenas uma sugestão, você pode fazer lasagna, usar outra massa, comer com arroz ou no meio do pão! Eu gosto de fazer bastante desse molho e congelar uma parte, é uma mão na roda ;)



Ingredientes
- 1 lata de tomate italiano pelado (400 g);
- 2 tomates italianos (frescos, sem sementes e picado em cubinhos);
- 1 cebola grande em tiras;
- 1 dente de alho;
- 50 g de manteiga sem sal;
- 1/2 xícara (chá) de água;
- 1/2 xícara (chá) de PTS (proteína texturizada de soja) seca;
- Sal a gosto (cerca de 1 colher de chá);
- Azeite de oliva (para refogar a cebola e para finalizar);
- Cominho a gosto;
- Coentro em grãos a gosto (eu usei ~ 1 colher de sopa rasa);
- Canela a gosto;
- Pimenta vermelha em pó a gosto (usei 1/2 colher de café);
- Pimenta do reino a gosto;
- 4 folhas de louro;
- Folhas de manjericão para acompanhar;
- Parmesão ralado para acompanhar;
- 250 g de spaghetti (meio pacote);

Preparo
1) Pique todos os ingredientes e esquente uma panela de fundo grosso;
2) Coloque um fio de azeite e refogue a cebola e os grãos de coentro. Quando ela já estiver "suada", adicione o alho (picadinho ou amassado, como preferir) e refogue até caramelizar levemente a cebola (o fundo da panela ficará dourado);
3) Coloque os tomates (o enlatado e os frescos, bem picadinhos), junto com o caldo da lata e a água;
4) Tempere e espere ferver;
5) Acrescente a PTS e a manteiga (em pequenos cubos, para derreter mais rápido) e mexa novamente;
6) Deixe cozinhando em fogo baixo por 30 minutos, mexendo de vez em quando;
7) Na metade do tempo, cozinhe o macarrão em água salgada (para cada litro de água, meia colher de sopa de sal) pelo tempo indicado na embalagem. Escorra e reserve;
8) Quando o molho estiver pronto, misture com o macarrão;
9) Sirva acompanhado de folhas de manjericão fresco e parmesão ralado na hora!

Rendimento: 4 porções.

O prato finalizado ;)

Dicas
- A canela e o cominho são condimentos muito marcantes, use bem pouco! Eu uso a pontinha de uma colher de café e já basta para dar um toque de sabor, sem encobrir os outros ingredientes;
- O coentro em grão é um condimento muito aromático, vale a pena experimentar! Quando você morder uma das bolinhas vai sentir um sabor maravilhoso!
- Se puder deixar mais tempo cozinhando, deixe! Acrescente água aos pouquinhos quando necessário e mexa sempre. O molho ficará ainda mais saboroso!
- Este molho fica ainda mais gostoso no dia seguinte, fica a dica ;)

Bom apetite :D

20 de setembro de 2012

Schwammerltopf com Macarrão

Schwammerltopf é um prato muito simples com nome difícil hehehe ele nada mais é do que um "pote de cogumelos". Este prato alemão é tradicionalmente servido com Semmelknödel, que são bolinhos feitos de pão. Como eu estava sem tempo de fazer os bolinhos, servi com macarrão mesmo e ficou muito bom! Você pode servi-lo puro que já é uma delícia, eu amo!

 Schwammerltopf que eu comi na Hofbräuhaus, em Munich.

Minha versão do prato, servida com fusilli.

Ingredientes
- 300 g de shiitake desidratado;
- 1/2 cebola picadinha;
- 1/2 colher (sopa) de manteiga (para refogar) + 2 colheres (sopa) (para engrossar);
- 1/2 colher (sopa) de óleo vegetal;
- 1 xícara de chá de creme de leite fresco;
- 1,5 L de água;
- 2 colheres (sopa) de farinha de trigo;
- Salsinha picada a gosto;
- Sal a gosto;
- Pimenta do reino a gosto;
- Canela a gosto;
- 250 g de fusilli.

Preparo
1) Ferva a água e coloque o shitake desidratado. Deixe tampado durante 10 min com o fogo ligado;
2) Escorra o shitake, reservando a água do cozimento, e refrie-o um pouco em água corrente;
3) Pique o shitake;
4) Esquente uma panela, adicione a manteiga e o óleo e espere borbulhar;
5) Refogue a cebola até que fique transparente e então adicione o shitake picado;
6) Tempere como desejar, tomando o cuidado de colocar pouca canela (a pontinha de uma colher de café já basta);
7) Depois de 5 min, adicione o caldo reservado e espere ferver;
8) Em uma panela separada, derreta a manteiga e adicione a farinha. Mexa bem até que fique levemente dourado e adicione à panela com o caldo. Mexa bem;
9) Adicione o creme de leite e cozinhe por mais 1 minuto;
10) Adicione a salsinha e mexa bem;
11) Cozinhe o fusilli segundo as orientações da embalagem, escorra e misture com os cogumelos;
12) Sirva bem quente!


Dicas
- O Schwammerltopf é tradicionalmente feito com uma mistura de cogumelos, mas pode ser feito com apenas aquele que você tiver em mãos. De qualquer forma, eu recomendo que o shiitake seja um deles, pois ele dá um sabor muito especial!
- Se você for utilizar cogumelos frescos, pique e refogue-os antes de adicionar a água e então cozinhe por cerca de 15 minutos.

Bom apetite!

Bolo de Chocolate

O bolo que mais faz sucesso na ocasião que seja, com certeza, é o de chocolate! Eu adoro fazer esse bolo, ele fica muito fofinho e, enquanto assa, deixa um cheirinho delicioso pela casa :D

Consumí-lo puro já é uma delícia, mas fica ainda melhor acompanhado de cobertura de ganache, de brigadeiro, com uma bola de sorvete de creme... Enfim, idéias não faltam, tenho certeza que cada um tem seu jeito preferido de comer bolo de chocolate!

Este bolo eu fiz pro aniversário do meu namorado! Usei brigadeiro como recheio e cobertura e coloquei KitKats em volta e confeitos de açúcar por cima!

Ingredientes
- 2 xícaras (chá) de farinha de trigo;
- 1 xícara (chá) de açúcar;
- 2 ovos;
- 1/2 xícara (chá) de leite;
- 150 g de manteiga em temperatura ambiente (ou 3/4 xícara de chá de óleo vegetal);
- 1 colher (sopa) de extrato de baunilha;
- 2 colheres (chá) de fermento em pó;
- 2 colheres (sopa) de cacau em pó 100%;
- 1 colher de chá de sal.

Preparo
1) Preaqueça o forno em 180 ºC;
2) Unte e polvilhe com cacau em pó uma forma redonda de 20 cm de diâmetro (ou equivalente);
3) Com o auxílio de uma batedeira, bata a manteiga e os ovos até que forme um creme mais claro do que a mistura inicial e dobre de volume. Caso for utilizar o óleo, faça este processo no liquidificador;
4) Adicione o açúcar e o extrato de baunilha e continue batendo;
5) Adicione o leite e bata mais um pouco;
6) Peneire a farinha, o cacau, o sal e o fermento (juntos) e vá adicionando aos poucos à massa, batendo em velocidade mais baixa até que esteja tudo incorporado;
7) Despeje a massa na forma e nivele com o auxílio de uma espátula ou colher;
8) Leve ao forno por cerca de 40 min, ou até que, ao espetar um palito no centro, ele saia limpo;
9) Retire do forno e deixe esfriar sobre uma grade.

Dicas
- Se você quiser, troque a manteiga pelo óleo. A diferença é que o bolo feito com manteiga fica mais firme, ou seja, melhor para ser cortado caso você for recheá-lo. Se este não for o seu caso, pode usar o óleo tranquilamente ;)
- Para dar um toque especial, adicione 1 colher de chá de canela em pó;
- A grade de resfriamento pode ser o que você tiver mais a mão: escorredor de pratos, grade do fogão, grade da churrasqueira... Use a imaginação!

Bom apetite ;)


18 de setembro de 2012

Azeite Aromatizado

Quer um jeito simples de dar um toque superdiferente em seus pratos? O azeite aromatizado é perfeito para você! Eu acho legal ter sempre um vidrinho dele em casa, assim posso incrementar meus pratos ou ter mais uma opção para temperar saladas, pizzas, lanches...

Fonte: http://anapaulafaraujo.blogspot.com.br/2012/07/azeite-aromatizado.html

Ingredientes
- 1 garrafa de azeite de oliva extra-virgem (com alguns dedos de azeite já tendo sido usado);
- 5 dentes de alho descascados (ou a gosto);
- 2 ramos de alecrim (ou a gosto);
- Pimenta do reino em grãos a gosto;

Preparo
1) Em uma panela, aqueça em fogo baixo o azeite. É importante que ele aqueça só um pouquinho, sem formar bolhas, para não perder as suas propriedades;
2) Desligue o fogo e adicione os temperos;
3) Espere esfriar e, com o auxílio de um funil, volte o azeite para a garrafa;
4) Aguarde pelo menos uma semana para começar a usar.

Dicas
- Procure utilizar uma garrafa de vidro escuro para armazenar o azeite, assim ele mantém suas propriedades por mais tempo;
- Você pode aromatizar seu azeite com os ingredientes que preferir, use a criatividade!

Beijos!

16 de setembro de 2012

Strogonoff de Cogumelos

Hoje é dia de um dos meus pratos favoritos, que tem a carinha do domingo: strogonoff! O legal deste prato é poder variar o "recheio" e, desta vez, o escolhido foi o cogumelo de Paris. Poderia ser uma mistura de cogumelos, o que deve ser ainda mais gostoso, mas eu fiz com aquele que estava mais a mão. Esta receita é uma das muitas variações desse prato originalmente russo e, apesar de ter feito o molho de tomate na hora, não foi demorado de fazer, gastei no máximo 1 hora desde separar tudo, fazer o arroz e o strogonoff. É um prato muito saboroso e perfeito para alegrar a refeição em família :)



Ingredientes
- 400 g de cogumelos de Paris frescos e picados em finas lâminas;
- 1 lata de tomate pelado (400 g);
- 1/2 cebola em cubinhos;
- 1/4 de xícara de chá de salsinha picada;
- 1 caixinha de creme de leite UHT (17% de gordura);
- 1 dente de alho amassado;
- Noz moscada a gosto;
- Sal a gosto;
- Pimenta do reino a gosto;
- 2 colheres (sopa) de azeite de oliva;
- 3 colheres de sopa de manteiga;
- Colher de sopa de shoyu;
- 1 colher de sopa de farinha de trigo.

Preparo
1) Em uma panela quente, adicione o azeite, a cebola, o alho e refogue. Então adicione os tomates pelados (cortados bem pequenininho) junto com o suco da lata. Se desejar, adicione um pouco de água;
2) Tempere e deixe o molho apurando por, pelo menos, meia hora;
3) Enquanto isso, esquente uma frigideira grande, derreta 2 colheres de sopa de manteiga e frite os cogumelos. Tempere;
4) Cozinhe os cogumelos até que tenha soltado líquido o suficiente para cobrir cerca metade dos cogumelos e então adicione ao molho;
5) Na mesma frigideira, derreta o restante da manteiga, adicione a farinha e frite até que fique levemente dourado. Adicione à outra panela e mexa bem;
6) Adicione o creme de leite e o shoyu, e cozinhe por mais alguns minutos, até que o molho tenha engrossado mais um pouco;
7) Corrija o tempero e desligue o fogo;
8) Adicione a salsinha e mexa bem;
9) Sirva quente com arroz branco e batata palha!

Dicas
- Você pode substituir o creme de leite UHT pelo creme de leite fresco, o resultado é mais saboroso!
- Você pode também adicionar catupiry, fica uma delícia!

Bom apetite!


14 de setembro de 2012

Torta de Liquidificador

Quase todo mundo tem uma receitinha de torta de liquidificador, né? Então eu vim aqui compartilhar a minha, que aprendi com a minha mãe, assim como várias outras pessoas, porque todo mundo que come, pede a receita pra ela depois hehehe.

O legal desse tipo de torta é poder fazer com o recheio que você mais gostar, ou fazer só com o que tiver na geladeira! É bem prática e deliciosa :D

Não se preocupe, a torta cresce legal! A minha ficou baixinha, pois eu prefiro assim, então fiz em uma forma grande!

Ingredientes
- 2 xícaras (chá) de farinha de trigo;
- 1 xícara (chá) de óleo vegetal;
- 1 xícara (chá) de água;
- 4 ovos;
- 100 g de queijo parmesão ralado;
- 1 tablete de caldo de legumes;
- Orégano a gosto (opcional);
- 2 colheres (chá) de fermento em pó;
- 2 1/2 xícaras (chá) do recheio da sua preferência.

Preparo
1) Preaqueça o forno em 180 ºC;
2) Unte e enfarinhe uma forma ou refratário de tamanho médio a pequeno;
3) Em um liquidificador, bater os ovos, a água, o óleo, o queijo e os temperos;
4) Colocar no liquidificador os demais ingredientes da massa e bater bem. Caso necessário, adicione mais um pouco de água (cerca de 1/4 de xícara de chá) para ajudar a bater;
5) Despeje a massa na forma e, em seguida, o recheio escolhido;
6) Afunde o recheio utilizando os dedos;
7) Leve ao forno por cerca de 40 min.

Sugestão de recheio
Eu fiz meu recheio favorito pra mostrar pra vocês, mas é só uma sugestão ;)
- 1/2 cebola;
- 3 tomates italianos;
- 1/4 de xícara (chá) de azeitonas picadas (se quiser/tiver em casa, coloque mais! Eu coloquei o tanto que tinha aqui);
Eu caramelizei levemente a cebola (coloque para refogar e deixe um tempo mais longo, mexendo de vez em quando, até que fique douradinha) e esperei esfriar. Cortei, retirei as sementes e temperei o tomate, depois coloquei entre folhas de papel toalha e só então comecei a fazer as outras coisas da receita.

Dicas
- Para tornar a massa ainda mais saborosa, você pode, dentro da quantidade de 1 xícara de chá de óleo, colocar outros óleos também, como o de gergelim e o azeite de oliva, desde que em pequena quantidade;
- Se você utilizar o caldo de legumes e o parmesão não será necessário adicionar sal, mas se você nao quiser usar esses ingredientes, coloque cerca de 1 colher de chá de sal ou a gosto;
- Se desejar, você pode polvilhar o parmesão ralado por cima da massa antes de levá-la ao forno, o resultado fica ainda mais bonito e gostoso!
- Se no seu recheio houver tomate, corte-o antes de iniciar a receita, tempere com sal e deixe descansando entre camadas de papel toalha. Assim, o líquido que ele solta sairá antes e não prejudicará a cocção da massa;
- Eu não costumo cozinhar o recheio antes de adicionar à massa, mas se você desejar, pode fazê-lo e esperar esfriar antes de utilizar;
- Não esqueça de temperar o recheio antes de adicioná-lo à massa ;)

Bom apetite!

12 de setembro de 2012

Utensílios - Tesoura para Ervas

Hoje eu venho mostrar para vocês a novidade na cozinha daqui de casa: a tesoura para ervas. Eu já havia visto ela na internet, mas achei que fosse um daqueles produtos que são só idéias que talvez, um dia, quem sabe se tornariam comerciáveis, mas, há cerca de uma semana, minha mãe achou esta tesoura para vender na internet! Nem acreditei quando ela me contou :D



A loja onde a tesoura foi comprada é o Bordado Inglês, de Campinas. Chegou rápido, direitinho, e custou R$ 49,90! Aliás, recomendo muito esta loja, minha família compra lá há mais de 20 anos :)

O diferencial desta tesoura é que ela possui 10 lâminas ao invés de duas, cortando uma maior quantidade por vez, o que, no caso das ervas, é realmente uma mão na roda! Quem costuma cortar este tipo de alimento, ainda mais logo depois de lavar, sabe do que eu estou falando hehehehe

Minhas impressões:
- Corta bem mesmo, mas precisa ser uma pequena quantidade por vez;
- Para a nossa alegria, ela corta ainda melhor com a erva molhada, então não é necessário secá-la antes de cortar;

Enfim, achei um ótimo produto que vai facilitar muito a minha vida na cozinha!

O que vocês acharam?

10 de setembro de 2012

Fusilli al Limone

Sabe quando você está com uma fominha, não tem nada pronto na geladeira, e quer comer algo rápido que não seja macarrão instantâneo? Fusilli al limone pra você! É fácil, rápido e aposto que tem todos os ingredientes aí na sua geladeira/despensa!

Fusilli al Limone, a aparência é comum, mas o sabor é delicioso e diferente! (coloquei o tomate para dar uma cor na foto, ele não é necessário à receita, mas você pode usá-lo se desejar)

Ingredientes
- 250 g de fusilli (meio pacote);
- 1 xícara de chá de creme de leite;
- Casca e caldo de 1 limão;
- 1/2 cebola em cubinhos;
- 1 dente de alho amassado;
- 2 colheres de sopa de azeite;
- 1 colher de sopa de manteiga;
- Sal a gosto;
- Pimenta do reino a gosto;
- Noz moscada a gosto;
- Queijo parmesão ralado a gosto (para finalizar).

Preparo
1) Adicione cerca de 1 colher de sopa de sal à água que irá cozinhar o macarrão e aguarde levantar fervura (em fogo alto), acrescente o macarrão e aguarde o tempo indicado na embalagem. Escorra bem;
2) Enquanto o macarrão cozinha, pique a cebola, descasque o limão e esperema seu caldo;
3) Esquente uma panela, adicione o azeite, a cebola e o alho. Refogue (fogo baixo) até que a cebola fique transparente;
4) Adicione o creme de leite, os temperos e a casca do limão e cozinhe por 5 minutos;
5) Adicione o suco de limão e cozinhe por mais um minuto;
6) Misture o macarrão, a manteiga e o molho;
7) Finalize com o parmesão e sirva em seguida!

Rendimento: 4 porções.


Dica
- O creme de leite fresco possui maior percentual de gordura, deixando o prato mais saboroso!

Bom apetite ;)

7 de setembro de 2012

Hamburguer de Soja e Azeitona Preta


Quem não gosta de hamburguer, né? Este é uma versão vegetariana que é muito, muito saborosa!
Fiz este em homenagem ao dia ho hamburguer e fez o maior sucesso! Os hamburgueres vegetais, quando bem preparados, podem ser tão ou mais saborosos do que os "originais" (me contaram hehehe), além de serem bem mais saudáveis!

Que tal aproveitar o feriado para fazer uma noite do hamburguer com os amigos?

Fica a sugestão de acompanhar com a batata assada com alho ;)

 

Hamburguer de soja e azeitona preta
Ingredientes
- 1/2 xícara (chá) de PTS (proteína texturizada de soja) miúda seca;
- 2 colheres (sopa) de cebola em cubinhos;
- 3 colheres (sopa) de azeitona preta picada;
- 2 colheres (sopa) de shoyu;
- 1 colher (sopa) de orégano ou manjerona desidratados;
- 1 colher (sopa) de azeite;
- 1 fatia de pão de forma integral em pedaços pequenos;
- Sal a gosto;
- Pimenta do reino a gosto;
- Farinha para dar liga;
- 2 colheres (sopa) de óleo vegetal.

Preparo
1) Em um copo, coloque a PTS e cubra-a com água quente. Deixe descansar por 10 minutos e escorra-a com o auxílio de uma peneira. Enxague e esprema bem para retirar o excesso de água;
2) Misture todos os ingredientes em um bowl, adicionando a farinha por último e aos poucos, até que dê liga;
3) Amasse bem para desenvolver o glúten, por uns 5 minutos;
4) Deixe descansar por meia hora;
5) Com as mãos limpas e molhadas, modele os hamburgueres;
6) Em uma frigideira, esquente o óleo, coloque o hamburguer e tampe. Quando a parte superior estiver cozida, vire o hamburguer e deixe destampado. Caso necessário, adicione mais óleo. Deixe até que doure a parte de baixo;
7) Sirva com pão, salada e molhos!

Rendimento: 2 hamburgueres grandes ou 4 médios.

Para a montagem (sugestão)
- Pão de hamburguer (usei o com gergelim);
- Alface lisa;
- Agrião;
- Queijo gouda;
- Queijo muçarela;
- Azeitonas pretas picadas;
- Ketchup;
- Mostarda;

Dicas
- Passe manteiga no pão e esquente-o em uma frigideira tampada por alguns segundos antes de servir;
- Caso for utilizar os queijos, coloque-os quando virar o hamburguer e tampe;
- Você pode congelar os hamburgueres para tê-los sempre à mão! Para isso, após modelar o hamburguer, embrulhe-o com filme de PVC e leve ao congelador. Para utilizar depois, você pode aquecer por 2 minutos no microondas antes de fritar ou desixar descongelar em temperatura ambiente.

Bom apetite!

6 de setembro de 2012

Batata assada com alho

Uma preparação que consegue agradar a todos é a batata assada! E, para incrementar um pouco, esta receita leva alho também. Nada complicado, mas faz uma diferença enorme no sabor e também deixa o prato bem mais bonitinho ;)

Esta receita servirá de acompanhamento para o próximo post, fiquem de olho!



Ingredientes
- 4 batatas grandes sem cascas;
- 1/2 cabeça de alho;
- 3 colheres (chá) de páprica picante;
- 1 colher (chá) de sal;
- 3 colheres (chá) de colorau;
- Azeite a gosto.

Preparo
1) Preaqueça o forno em 220 ºC;
2) Corte as batatas em cubos grandes, procurando deixá-los uniformes;
3) Coloque as batatas em uma panela, cubra-as com água e adicione sal (cerca de 1 colher de sopa). Ligue o fogo e deixe ferver;
4) Cozinhe as batatas por 15 minutos, em seguida, coloque-as em um escorredor e passe na água fria e corrente da torneira;
5) Disponha as batatas em uma assadeira ou refratário grande (se necessário, utilize duas) e adicione os temperos e o azeite;
6) Misture bem;
7) Distribua os dentes de alho (ainda com casca) pela assadeira;
8) Cubra com papel alumínio e leve ao forno por 30 min ou até que estejam macias ao serem perfuradas com um garfo;
9) Retire o papel alumínio e volte as batatas ao forno para que dourem;
10) Caso necessário, adicione mais sal;
11) Sirva ainda quente.

Dicas
- Você pode adicionar ervas secas ou frescas de sua preferência às batatas junto aos demais temperos;
- Sempre que puder, use batata asterix, pois ela fica mais macia.

Bom apetite!

4 de setembro de 2012

Hummus

Apesar de a minha família ser italiana, nos almoços de domingo na casa da minha avó e da minha mãe os grandes sucessos sempre foram pratos árabes! O hummus tem presença frequente aqui em casa, pois além de ser um prato delicioso, é muito prático de se fazer e também no dia a dia! Dá para acompanhar com pão pita, cenoura, chips, torradas, grissinis, ou colocar no lugar da maionese no sanduíche... Dá para usar de muitos jeitos, é só usar a criatividade ;) Eu gosto muito de consumí-lo no café da manhã, dá bastante "sustância"!



Ingredientes
- 250 g de grão de bico (meio pacote) seco;
- 2 colheres (sopa) de caldo de limão;
- 2 colheres (sopa) de tahine (pasta de gergelim);
- Água do cozimento do grão de bico para ajudar a bater;
- 1/4 xícara (chá) de azeite;
- 1 dente de alho;
- Sal a gosto.

Preparo
1) Cozinhe o grão de bico conforme as instruções da embalagem, retire a pele e reserve a água do cozimento;
2) Adicione o grão de bico cozido junto com os demais ingredientes no liquidificador e bata;
3) Vá adicionando água aos poucos para ajudar a bater. O creme deve ser firme e bater com um pouco de dificuldade, não se preocupe!
4) Sirva!

Dica
- Sirva com azeite e páprica, fica uma delícia!

Bom apetite ;)

2 de setembro de 2012

Bolo de Fubá com Brigadeiro de Milho

Aaah, o bolo de fubá! Eu gosto tanto dele que no caderninho de receitas da minha nonna tem um bolo de fubá chamado "Bolo de Fubá Erika" :D Esse caderninho será assunto para um próximo post (para muitos, na verdade, lá tem material para muitos anos!), mas hoje vamos falar do bolo de fubá que eu fiz para o aniversário do meu pai! É, é bem inusitado um bolo assim em aniversário, mas foi o pedido do aniversariante, que é outro amante do bolo de fubá... Aí, para deixar com uma carinha mais de aniversário, eu pesquisei bastante e cheguei a esse resultado: bolo de fubá com cobertura de brigadeiro de milho! O brigadeiro de milho lembra muito curau, até poderia ser chamado assim! Pelo o que eu vi em receitas, o curau é basicamente esta receita, mas sem cozinhar tanto. Peguei esta no Pecado da Gula e dei o meu toque pessoal ;)
Fica aqui a dica de uma receitinha gostosa para fazer na tarde desse domingo!

O resultado da experiência!
Bolo de Fubá
Ingredientes
- 3 ovos;
- 1 xícara (chá) de leite de aveia;
- 1 xícara 
(chá) de fubá pré-cozido;
- 1 xícara (chá) de farinha de trigo;
- 2/3 xícara (chá) de óleo;
- 1 1/2 xícara (chá) de açúcar;
- 1 colher (sopa) de fermento em pó;
- 1 colher (sopa) de extrato de baunilha.


Preparo
1) Preaquecer o forno em 180 ºC;
2) Unte e enfarinhe (com fubá) uma forma redonda de 20 cm de diâmetro ou equivalente;
3) Bata os líquidos e os ovos no liquidificador por 1 min;
4) Vá adicionando os secos aos poucos e batendo nos intervalos;
5) Coloque a massa na forma e leve para assar por cerca de 1h;
6) Retire do forno, deixe esfriar na forma sobre uma grade.

Brigadeiro de Milho
Ingredientes
- 1 lata de leite condensado;
- 1/2 xícara (chá) de creme de leite fresco;
- 1 colher (chá) de glucose de milho (opcional);
- 1 colher (sopa) de extrato de baunilha;
- 1 lata de milho verde;
- Manteiga para untar;
- 100 mL de leite integral.

Preparo
1) Bata o milho e o leite no liquidificador e coe em uma peneira fina;
2) Coloque o creme obtido em uma panela com os demais ingredientes e cozinhe mexendo constantemente, até que, ao passar a colher da borda para o meio da panela, o fundo fique visível por alguns segundos;
3) Unte um prato raso e grande com manteiga e espalhe o brigadeiro. Cubra com filme de PVC e deixe esfriar bem.

Quando o bolo e o brigadeiro estiverem frios, desenforme o bolo e espalhe o brigadeiro por toda a sua superfície. 

Dicas
- A glucose de milho dá um leve toque de sabor ao brigadeiro e prolonga a sua validade, mas não é essencial à preparação;
Aqui tem dicas da Akemi (Pecado da Gula) para as medições;
- Eu substituo a grade de resfriamento "profissional" pelo que estiver disponível em casa: o escorredor de pratos, a grade da churrasqueira, a grade do fogão...
- Polvilhe canela em pó sobre o bolo já pronto e montado para dar um toque especial!

Bom apetite!


31 de agosto de 2012

Risotto de Shimeji ao Brandy + Ervilha Torta no Vapor

Vamos à primeira receita do blog, que, a pedidos do pessoal do Facebook, será risotto de shimeji ao brandy acompanhado de ervilha torta!


A primeira vista, preparar um risotto pode parecer complicado, porém, com as técnicas corretas e organização é uma preparação simples de ser feita.

O primeiro passo é ter ingredientes frescos e de boa qualidade. Isso já vai garantir que seu risotto fique muito bom, mesmo se passar do ponto um pouquinho ;)

Pra mim, o que faz muita diferença em um risotto é o caldo utilizado. Eu evito sempre que posso o caldo industrializado, pois é artificial e contém muito sódio. No entanto, você pode utilizá-lo caso esteja com pressa ou não tenha outra opção à mão. A alternativa mais saudável e saborosa para um bom caldo de legumes é fazê-lo em casa! Aqui tem um link sobre esta preparação.

Enfim, à receita!

Risotto de shimeji ao brandy
Ingredientes
- 1 xícara (chá) de arroz para risotto (arbóreo ou carnaroli);
- 1 colher  (sopa) de manteiga em temperatura ambiente + 2 colheres (sopa) para a finalização;
- 2 colheres (sopa) de azeite;
- 1/2 cebola média;
- 1 dente de alho;
- 1/4 xícara (chá) de brandy;
- 1/2 L de caldo de legumes;
- 300 g de cogumelos shimeji;
- 3 colheres de sopa de vinagre;
- 2 colheres de sopa de shoyu;
- 1/2 xícara (chá) de parmesão ralado + para a finalização;
- Salsinha picada a gosto;
- Noz moscada a gosto;
- Sal a gosto;
- Pimenta do reino moída na hora a gosto.

Preparo
1) Coloque o shimeji de molho em água suficiente para cobri-lo, adicione o vinagre e reserve por 15 min, então escorra e utilize;
2) Coloque o caldo de legumes para esquentar em uma panela à parte;
3) Pique a cebola em cubinhos, amasse o alho e pique o shimeji também em brunnoise;
4) Esquente bem a panela (ajuda se for daquela de fundo triplo), adicione o azeite e 1 colher de sopa de manteiga e espere que derreta;
5) Adicione a cebola e o alho, refogue-os em fogo baixo até que a cebola fique transparente;
6) Aumente o fogo e adicione o arroz e mexa até que fique brilhante;
7) Adicione o shimeji e continue mexendo, ele soltará um líquido que auxiliará no processo de cocção do arroz. Vá mexendo até que este líquido tenha sido totalmente absorvido;
8) Adicione o brandy (ou o vinho) e deixe que o álcool evapore;
9) Este é um bom momento para temperar o risotto: adicione o sal (cerca de uma colher de chá), a pimenta e a noz moscada.
10) Comece a colocar o caldo de legumes, uma concha por vez. Adicione uma concha, mexa frequentemente (mas não o tempo todo) até que o caldo tenha sido absorvido. Então, adicione mais caldo e repita até que ele acabe ou que o arroz esteja al dente;
11) Antes do caldo acabar, adicione o shoyu, prove e termine de acertar o sal. Se desejar, adicione mais pimenta/noz moscada;
12) Retire a panela do fogão e adicione 2 colheres de sopa de manteiga e mexa vigorosamente. Adicione o parmesão e continue mexendo;
13) Tampe a panela e deixe descansar por 2 min;
14) Sirva imediatamente.

Rendimento: 5 porções como prato principal.

Ervilha torta no vapor
Ingredientes
- Ervilha torta (quanto desejar);
- Sal a gosto;
- Pimenta do reino a gosto;
- Azeite a gosto.

Preparo
1) Em uma panela com adaptador para cozimento a vapor (cozi-vapore), adicione água suficiente para quase atingir o cozi-vapore e coloque para ferver;
2) Lave bem a ervilha torta, retire os cabinhos e os fiozinhos da lateral;
3) Coloque a ervilha na panela e tampe-a. Deixe cozinhando por 5 minutos;
4) Retire a ervilha e tempere-a da maneira que preferir;
5) Sirva em seguida!

Dicas
- Você pode substituir a manteiga do preparo do risotto pela mesma quantidade de azeite;
- Caso você não goste de brandy, pode substituí-lo por 1/2 xícara (chá) de vinho branco;
- Se você não for consumir a ervilha imediatamente, ao retirá-la da panela, coloque-a em um bowl com gelo e água por 1 min para interromper seu cozimento. Quando for servir, aqueça rapidamente no vapor.

Bom apetite! ;)

Primeiro post :)

Enfim criei um blog!

Já há muito tempo estou com esta idéia, muitas pessoas me sugeriram também! Agora criei coragem e aqui vamos nós :D

Este é mais um passo dentro do meu hobby favorito, pretendo sempre dar continuidade e fazer o blog crescer!

Neste espaço vou compartilhar principalmente receitas, mas também dicas diversas sobre o mundo da culinária!

Sintam-se à vontade, o blog é nosso! Através dos comentários e da página do Facebook, vocês podem mandar sugestões, comentários, críticas, o que quiserem!

Gostaria de dedicar minha iniciativa à querida Naa Veggie do Chubby Vegan, que sempre me incentivou e inspirou nesse meio :)

Espero que gostem, em breve já teremos uma receitinha ;)

Beijos,

Erika